ALMAS PLANGENTES…

Dão gritos de dor e só que ouve são corações anestesiados em almas plangentes em corpos doentes, sombras extraídas em delírio, pois nem a morte seria um martírio e vão tropeçando e tateando por entre escombros procurando amores que imploram pelo perdão, mas já estão fragmentados pelo chão… E entre um gole de absinto eu vejo e sinto que uma anjo vem ao meu encontro na total escuridão…

Lu Lena

Anúncios

Obrigada pela visita. Volte sempre!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s