DESERTO DE MIM…

pedras na praia

Passos que deixam marcas na areia… sonhos feitos com o canto enigmático da sereia… Ancorando desejos e vontades num porto seguro dentro de um oásis… deserto de mim… Numa alma que naufraga em qualquer cais… vida? Perdida… sentida…meus murmúrios se perdem no murmurinho das águas que batem nas rochas fazendo eco dos meus ais…

Lu Lena

Anúncios

SOLIDÃO INTERNA…

É quando a gente imergi dentro de si mesmo
e enxerga um corredor longilíneo e afunilado
Nas paredes rebocadas de cal esmaecido…
Sonhos crivados em retratos amarelados
em nossa memória em forma de mosaico.
Em sintonia com ruídos de nossos passos
Seguimos em atos como uma peça de teatro…

Lu Lena